Culto sexual, atriz Allison Mack, de Smallville, e Dalai Lama: teoria da conspiração?

Allison Mack, atriz conhecida por seu papel como Chloe em Smallville, teria liderado um culto de tráfico sexual para um espresário-guru de autoajuda que trabalhava com ricaços. Este culto teria sido endossado pelo próprio Dalai Lama, durante um evento em Albany, nos Estados Unidos. 

Quando falamos em culto sexual, logo pensamos em Magia, afinal, muitos grupos sérios mágicos praticam sexo em seus rituais. Também é possível ligar o conceito a práticas de BDSM (Bondage, Disciplina, Dominação, Submissão, Sadismo e Masoquismo). Mas e quando tudo isso vai longe demais e o propósito do culto não é mais o prazer coletivo, a gnose, o ritual, mas sim o tráfico sexual de mulheres?

Este foi um caso que explodiu recentemente envolvendo uma combinação improvável de pessoas. Foi revelado pela primeira vez pelo The New York Times e tem sido repercutido pelos principais jornais estrangeiros e nacionais.

Allison Mack e  Keith Raniere

As autoridades de Nova York prenderam na sexta-feira (20/04/2018) a atriz Allison Mack, conhecida por seu papel na série Smallville, por seu suposto envolvimento na seita Nxivm, que marcava suas escravas sexuais como gado com as iniciais de seu líder, Keith Raniere, preso em 27 de março no México e deportado aos Estados Unidos. Mack, de 35 anos, é acusada de tráfico sexual e conspiração por obrigar pessoas a realizarem trabalhos forçados.

Informações do jornal El País

Mack supostamente seria a líder de uma seita sexual apelidada de DOS (dominus obsequious sororium), que por sua vez seria uma vertente secreta da empresa de autoajuda NXIVM (pronuncia-se nexium) . Mack recrutaria escravas sexuais para seu líder, o empresário-guru Keith Raniere, descrito como extremamente carismático e hipnótico. Nesta seita, práticas extremas de controle mental, violência, coerção e muitas outras teriam sido usadas. Veja os fatos mais chocantes revelados pela mídia:

  • Mulheres teriam sua pele marcada com as iniciais de Keith Raniere (KR) e de Allison Mack (AM).

  • Mulheres teriam sido chantageadas a produzirem constantes nudes, fotos e eventos constrangedores de suas vidas. Tudo isso teria sido organizado por Allison Mack numa pasta no Dropbox. A ideia era chantagear tais mulheres caso quisessem sair da seita ou revelar algo à imprensa.
  • O culto era mascarado de “feminista”, tendo Alisson publicado várias mensagens de empoderamento feminino em suas redes sociais.
  • Ela teria inclusive tentado uma primeira aproximação com Emma Watson.

    “Emma Watson, eu sou atriz como você e estou envolvida num movimento de mulheres que eu acho que você iria gostar. Eu adoraria conversar se você estiver aberta a isso”, diz o twitter em tradução livre.
  • Clare e Sara Bronfman (herdeiras da marca de bebeidas Seagram), teriam entrado para a NXIVM e doado milhões de dólares para a empresa. Elas teriam sido incumbidas com a tarefa de melhorar a imagem da empresa. Na foto: Clare Bronfman em destaque, sorrindo para Dalai Lama.
    “O Dalai Lama apareceu no palco de um evento organizado pelo NXIVM depois que Sara Bronfman, herdeira bilionária da fortuna da Seagram, visitou o líder budista como parte de uma delegação que lhe ofereceu US$ 1 milhão para participar do encontro de Albany”, afirma o Daily Mail.
  • O mais bizarro disso tudo talvez seja o suposto envolvimento de Dalai Lama.
    Na foto, o Dalai Lama coloca um cachecol de pureza no líder Keith Raniere. Dalai Lama teria recebido 1 milhão de dólares, que teriam sido doados por Clare e Sara Bronfman para participar deste evento.
  • Ainda sobre Dalai Lama, a própria Allison Mack teria viajado com Lama Tenzin Dhonden, então emissário pessoal para paz de Dalai Lama, que foi afastado por corrupção segundo o The Guardian.
  • “Dhonden emergiu no cenário público em 1991, quando chegou aos Estados Unidos e passou a ensinar meditação e dava aconselhamento a pacientes terminais. Em 2000, ele fundou uma organização sem fins lucrativos chama Amigos do Dalai Lama, com sede em La Jolla, Califórnia, ainda sob sua administração. Com o passar do tempo, ele se tornou o emissário pessoal do líder budista, uma posição que o levou a manter contato frequente com alguns de seus mais ricos e importantes apoiadores — como Kranzler, Steve Jobs, CEO da Apple, e o cantor Dave Matthews”, afirma o jornal O Globo.
  • Em seu site oficial, o Dalai Lama negou ter recebido qualquer quantia para participar do evento que ocorreu em Albany.

    Sexo e Magia

    Quanto mais se pesquisa sobre assunto, mais estranho ele fica. Mas então, o que isso tem a ver com Magia? Como diferenciar um culto que envolve sexo de tráfico sexual? Bom, então vamos às diferenças:

  • Todo sexo precisa ser consensual.
  • Dentro da Magia, qualquer chantagem emocional ou coerção é tida como desviante da Vontade, logo, ineficaz.
  • Nenhuma Ordem séria de Magia irá pedir para que você produza conteúdo constrangedor para usar isso contra você.
  • Corrupção, lavagem de dinheiro e similares são práticas criminosas, e não têm nada a ver com cultos sérios que praticam Magia Sexual.
    Escrevemos outros textos a respeito deste assunto. Confira:
  •  Perspectivas sobre Magia Sexual;
  • A Mulher Escarlate;
  • Estupro e Magia Sexual: surubinha de leve mágicaPara saber, mais recomendamos o livro O Renascer da Magia, de Kenneth Grant.

    compre o renascer da magia pela penumbra