As Muitas Edições de Liber Null e Psiconauta

As Muitas Edições do Liber Null e Psiconauta

Muitos aspectos da vida moderna tornaram-se um tanto pasteurizados com o passar do tempo. Mas mesmo com a internet, e-books e outras tecnologias, livros continuam sendo uma coisa essencialmente analógica. Qualquer livro que se mantenha interessante por algumas décadas sofre uma série de mudanças. É o caso do Liber Null e Psiconauta, de Peter J. Carroll. Para o deleite dos bibliófilos de plantão, vamos apresentar as capas de algumas edições desse clássico do ocultismo ao longo da história.

Liber Null – Primeiras Edições

Liber Null - Capa Original

Inicialmente, o Liber Null foi escrito como um manual de treinamento para a IOT (Illuminates of Thanateros). Nessa época, a publicação era independente, feita com o apoio de Ray Sherwin. A primeira versão publicada hoje é uma raridade. Há um exemplar disponível para consulta em uma biblioteca pública – que, infelizmente, fica em Harvard.

Essa edição foi revisada e republicada algumas vezes, inclusive em edições de luxo, no começo da década de 1980, pela Sorcerer’s Apprentice. Mas ainda mantinha-se separada do Psiconauta. Algumas cópias dessa época podem ser encontradas em sites de leilões por uma pequena fortuna.

Liber Null - Sorcerers Apprentice

Liber Null e Psiconauta

Liber Null e Psiconauta - Clássico

A editora New Falcon foi a primeira a lançar o Liber Null e o Psiconauta em um único volume. Com o tempo, os direitos passaram para a editora Samuel Weiser (hoje Red Wheel Weiser). Curiosamente, apesar de se tratar de um autor inglês, apenas editoras americanas lançaram esses volumes reunidos na língua inglesa.

A edição com a capa antiga, com uma Estrela do Caos vermelha e um olho de Hórus dentro de uma pirâmide, está fora de circulação há algum tempo, mas não chega a ser uma raridade. A capa adotada pela Red Wheel Weiser, que traz uma ilustração de Brian Ward, permanece a mesma há muitos anos. Carroll, em uma recente entrevista exclusiva, fala um pouco sobre o significado das ilustrações de Ward.

Liber Null e Psiconauta - Capa Americana

Edições pelo Mundo

 

Não demorou para Liber Null e Psiconauta se tornar uma obra de referência para a Magia do Caos, e logo diversas edições começaram a aparecer em outros idiomas. Estas imagens não são todas, mas dão uma ideia de como ficou a cara da publicação nos lugares do mundo em que foi lançada.

Liber Null e Psiconauta - Edição Alemã

Edição Alemã

Liber Null e Psiconauta - Edição Polonesa

Edição Polonesa

Liber Null e Psiconauta - Edição Italiana

Edição Italiana

E no Brasil?

Liber Null e Psiconauta - Versão Pirata

Versão Pirata do Liber Null e Psiconauta

Curiosamente, o Brasil até recentemente não havia recebido uma tradução oficial do Liber Null e Psiconauta, apesar do grande interesse em nosso país pelo tema da Magia do Caos. Uma edição pirata chegou a circular durante algum tempo. Mas só agora, em 2016, a Penumbra Livros trouxe esse clássico oficialmente para o Brasil, com o cuidado que ele merece.

A nova edição está disponível na loja da Penumbra Livros.

frente

Edição oficial do Liber Null e Psiconauta, pela Penumbra Livros

As Muitas Edições de Liber Null e Psiconauta

Save

Save

Save

Save

Save